Disney Magic Run

data: 31/08/15 - 08:03 PM


| Você está aqui: NEWS > Disney Magic Run

 A Disney Magic Run é uma das provas de rua que mais chamam a atenção do público de São Paulo. Em 30 de agosto de 2015 foi realizada a quarta edição paulistana do evento na região do parque do Ibirapuera, na zona sul.

O que a Disney Magic Run teve de tão especial foi a possibilidade de crianças irem ao evento, pois puderam participar da caminhada de 3 km ao lado de um responsável; e elas interagiram com personagens da Disney. Os adultos corredores tiveram à disposição percurso de pouco mais de 10 km.

Um dos dos destaques da corrida de 10 km foi a premiação. Foram premiados o primeiro colocado e a primeira colocada com uma viagem de cinco noites para o Walt Disney World Resort, em Orlando, nos Estados Unidos, com direito a um acompanhante.

Fazem parte disso passagens aéreas ida e volta São Paulo/Orlando/São Paulo em classe econômica, hospedagem em hotel de categoria econômica do complexo Disney, alimentação (no valor de R$ 100 por dia e por pessoa, creditados em gift card) e ingressos para os quatro parques (Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studios e Disney’s Animal Kingdom).

Esses vencedores também ganharam o direito de se inscreverem em uma das corridas realizadas no Walt Disney World. A prova vai ser definida pela The Walt Disney Company (Brasil) Ltda posteriormente.

Outra premiação: melhores figurinos inspirados em Descendentes nas categorias individual e grupo ganharam um kit exclusivo do novo filme do Disney Channel.

Como foi a prova de 2015

Apesar de ser um evento propício para pais levarem filhos para uma caminhada de 3 km, durante a qual as crianças acenam para personagens como Mickey e Minnie, a Disney Magic Run de 2015 contou com uma corrida de pouco mais de 10 quilômetros que não teve nada de infantil. O percurso da etapa de São Paulo não foi um dos mais fáceis do calendário – longe disso –, o que tornou a prova desafiadora e não apenas “bonitinha”.

Logo na largada, dada diante da Assembleia Legislativa de SP às 7h, o atleta que não chegou ao local tão antecipadamente – e, consequentemente, largou mais atrás – precisou realizar diversas ultrapassagens, pois a velocidade do pelotão não era muito alta. Somente a partir do segundo quilômetro pôde imprimir o próprio ritmo mais livremente.

No entanto, o “tempo de respiro” foi curto, pois já nos 3,5 km foi iniciada a parte crítica da prova. As subidas e as descidas viraram uma constante, e dosar o ritmo foi essencial. Abusos aqui custariam caro.

Quando os corredores passaram pelo sexto quilômetro (avenida Rubem Berta, logo após a Indianópolis), estavam, segundo informações de GPS, a 790 metros de altitude. A largada, para se ter uma ideia, aconteceu em uma área com 751.

Somente quando voltaram a ver o parque do Ibirapuera, já no penúltimo quilômetro, puderam dar adeus ao “sobe e desce”. Completaram, na verdade, cerca de 10,30 km.

Entre os atletas havia gente fantasiada, o que, claro, não era obrigatório. Quem correu mal viu personagens da Disney: além de a caminhada ter começado às 7h30, os pórticos de chegada eram distintos.

Vencedora da categoria feminina, Giovanna Costa Martins, e vencedor da masculina, Samuel Souza do Nascimento, ganharam uma viagem com um acompanhante e uma inscrição para participar de um dos eventos runDisney em Walt Disney World Resort na Flórida, Estados Unidos. Segundo a Disney, 13 mil pessoas se inscreveram na DMR-2015 de São Paulo.

Para os corredores, que pagaram R$ 140, a quarta edição paulistana da Disney Magic Run foi um evento positivo e contou com quatro pontos de hidratação ao longo do percurso, que por si só já era um desafio. A parte mais chata envolvia estacionamento: já às 6h35 as ruas da região da Abílio Soares estavam tomadas por carros e flanelinhas. Na realidade, a busca por uma vaga longe deles foi tão dura quanto a prova.

 





[«] voltar



Somos Associados:

<hotpage/>©